Imagem capa - O Dia Que Chorei Em Um Ensaio De Gestante por Fotógrafo John Edgard
gestante

O Dia Que Chorei Em Um Ensaio De Gestante


O Dia Que Chorei Em Um Ensaio De Gestante


Quando comecei a fotografar gestantes, eu sabia que de alguma forma estaria trazendo para essas famílias, não apenas um ensaio fotográfico, mas sim um registro que significaria muito para vida delas.


Mas nem de longe eu imaginaria, que esse trabalho poderia impactar tanto não só a vida da família como a minha própria vida, digo isso, não só como um fotógrafo profissional mas também e principalmente; como ser humano.


Pois, registrar a maternidade é algo no mínimo inspirador para mim, é algo que acredito, como a verdadeira  tradução do milagre da vida; O momento que a mulher se descobre gestando seu filho, é o momento mais mágico e porque não dizer, mais esperado da vida dela. 







São muitos sentimentos envolvidos, muitas expectativas, preocupações, ansiedade, medo, alegria, doação, mudanças (corpo e na alma), reflexões, enfim, um turbilhão de hormônios que são descarregados dia a dia para a formação daquele “serzinho” ou “serzinhos” RS que virá para mudar de uma vez a sua vida.  Vai se aproximando  o dia da chegada do bebê e com ele o encantamento de tornar-se mais uma vida para cuidar e direcionar para o caminho mais puro e lindo que podemos oferecer.


É uma fase tão repleta de emoções, que fica injusto não dividi-la com outra pessoa. E ai me deparo, não só com um, mas agora dois (mãe e pai) juntos para aguardar a tão doce chegada do bebê.


Pode parecer estranho, mas nós papais, também ficamos ansiosos, medrosos, preocupados, extremamente eufóricos e felizes, muito felizes com a gestação de um filho. Durante a gravidez, tenho que concordar que  a interação física com o momento, é muito pequena, ainda que de suma importância, é como se estivéssemos nos bastidores acompanhando o espetáculo.


Mas quando podemos sentir, mesmo que com as mãos sob a barriga, o bebê mexendo, ouvir os batimentos cardíacos numa sala de ultrassonografia, é como se o mundo inteiro parasse para aquele momento.

E para aqueles privilegiados que puderam ouvir o primeiro chorinho da criança ao nascer, ai então... é um momento à parte, é algo sobrenatural, divino, lindo e perfeito







Bom, mas essa passagem dessa história, essa incrível passagem,  precisa agora, dar uma pausa, sim, diria uma  interminável e dolorosa pausa, pois daqui em diante, um dos  meus protagonistas dessa linda historia, não pode relatar com suas palavras  o que significou esse momento, não deu tempo... de pedir para ele me relatar nada...


Tudo estava tranqüilo naquela manhã de domingo, eu havia acabado de tomar o café da manhã, abri a cortina vi alguns raios de sol banharem o dia que nascia, sentei no sofá , peguei  uma xícara de café, quando fui interrompido por uma ligação  telefônica. Do outro lado, um grande amigo, com voz trêmula e choroso, me dava a notícia que eu não queria e não estava acreditando. Logo, levantei,  guardei a xícara na cozinha, andei de um lado para outro, passei a mão na cabeça inúmeras vezes, sentei novamente e começaram a rolar lágrimas pelo meu rosto.


O nosso grande e querido amigo havia sofrido um  terrível acidente a poucas horas atrás. Aquela noticia veio como uma bomba, desliguei o telefone e fiquei atônito, sem saber o que fazer. Não podia acreditar, que  dias atrás estávamos brincando, rindo e compartilhando momento de pura descontração na academia que freqüentávamos , e que naquela manhã, tudo havia terminado, daquela forma. Não , não pode ser, repeti isso para mim várias vezes.


Mas infelizmente,  era sim, verdade, era sim, o inicio do fim de tantos planos que o Diego, havia planejado e sonhado e que em questão de segundos, míseros e odiosos segundos, acabariam com o sonho de uma pessoa jovem, cheio de vida, metas, objetivos e digo pretenciosamente, mas sim, eu sabia que o papel mais importante da vida dele, o papel de PAI, havia sido bruscamente interrompido, por uma fatalidade.


Diego estava eufórico com a vida atual dele, não muitas, mas algumas vezes chegamos a conversar sobre o quanto estava sendo maravilhoso curtir a gravidez da esposa, e quanto  a amava, que esse sem dúvida, era o momento mais esperado por toda toda sua vida, encontrar uma companheira incrível para compartilharem vidas que se encontraram, em meio a tantas andanças que nos deparamos, tantos afazeres que roubam nossa felicidade, e estar ao lado de quem nos faz feliz e ainda por cima gerar uma outra “vidinha”  para selar o amor, seria o auge de qualquer casal apaixonado.


Foi o fim de uma vida, mas uma nova vida estava a caminho, e apesar de toda dor, era preciso continuar.


A forma de como tudo aconteceu, não estava definitivamente no contexto, não era para ser assim, não deveria ter sido assim, mas é algo que foge totalmente do nosso controle, inevitável, mas  no meio de tanta tristeza, eu senti no coração de fazer algo, algo que pudesse não só homenagear a memória desse grande homem, mas também registrar o ensaio fotográfico de gestante da Renata, assim como conversamos em uma ocasião.


Não foi da forma que havia sonhado, gostaria e sonhei em fotografar a família, mas o que eu pudesse fazer para trazer um pouco de conforto  através da minha profissão,  e trazer um pouco de alivio para aquele momento, eu faria com todo meu amor e empenho.




Posso dizer, que todo ensaio fotográfico  de família gestante que eu faço, o resultado vai muito além do que eu espero, pois durante o ensaio, vejo a interação da família, observo o quanto todos se divertem, o quanto apreciam a gravidez da mamãe, e saber o quanto meu trabalho é capaz de proporcionar , um dia agradável e inesquecível para aquela família que está aumentando, é algo que  me motiva cada vez mais, e é exatamente o que acredito, esse é o verdadeiro  valor que perdurará por gerações e gerações.


Durante o ensaio fotográfico da Renata, em vários momentos  precisei sim conter as lágrimas, pois além de profissional, sou humano, mas  foi difícil segurar a emoção e rolaram as lágrimas, não era para menos,  foi um dos trabalhos mais gratificantes e significativos da minha vida, pois daqui alguns anos, o Kaleo poderá conhecer a historia de sua vida e o momento tão esperado e lindo que foi  sua chegada.

________________________________________________________


O ensaio de gestante da Renata representa muito do que eu acredito e do por que decidi fotografar.


Diariamente recebo pedidos de orçamentos.


Eu poderia me deixar cair na rotina e pensar que seria mais um ensaio de gestante.


Mas quer saber o que penso quando respondo esses pedidos?


Penso que é o momento mais importante dessa mamãe, porque lá na frente, ela vai poder reviver cada detalhe da espera do seu bebê.


_______________________________________________________________________


Quer eternizar este momento lindo comigo?

Tenho uma supresa pra você?

Pensando em eternizar mais momentos lindos das mamães gestantes, vou presentear 5 mamães com um ensaio fotográfico.


Parece meio surreal, né? Mas é isso mesmo. 


Se você se identificou com a nossa história e gostou do meu trabalho, eu te convido a participar!

As 5 primeiras mamães que entrarem em contato, ganharam o ensaio de gestante e mais um presentinho surpresa! 


Assista o vídeo e veja como foi emocionante o ensaio de gestante da Renata.




Para participar você precisa clicar aqui e responder algumas perguntinhas.


CLICA AQUI PARA PARTICIPAR


Estou ansioso para te conhecer e registrar esse momento lindo.


Participe!