Imagem capa - O DIA QUE CHOREI EM UM CASAMENTO por Fotógrafo John Edgard
Notícia casamentodicas

O DIA QUE CHOREI EM UM CASAMENTO


Existem acontecimentos que marcam nossas vidas. E um, em particular, eu guardo comigo com muito carinho.


Quando comecei a fotografar, eu tinha certeza que havia encontrado o estilo de fotografia que me encantava, que me permitia criar, que me trazia elogio das minhas clientes modelos de moda; sim, iniciei fotografando moda e até de certa forma, fez o meu trabalho ser reconhecido e expandido até para as grandes mídias. Mas lá no fundo, eu sentia que ainda faltava algo.


Certa vez, em um sábado para ser mais exato, estava em casa, quando recebi o telefonema do meu cunhado (meu cunhado, fotografo). Ele estava aflito e me fez uma pergunta: John você topa ir comigo agora fotografar um casamento?   Confesso que naquele momento eu quase não soube o que responder, pensei por alguns segundos e falei – Cara, você sabe que meu nicho é outro, nunca fiz casamento, ai ouvi dele, mas relaxa você vai ser meu segundo fotógrafo, o rapaz que iria trabalhar comigo, passou mal e estou precisando de um fotógrafo! 


Horas depois lá estava eu, na igreja, à espera da noiva. Aquele cenário, aquelas pessoas, a música, coisa que nunca havia vivido como um profissional; eu sabia que dependia de mim e do meu cunhado, fazer cliques sensacionais para satisfazer os noivos, que confiam no fotógrafo, a responsabilidade de registrar esse momento tão especial na vida deles.


Mas o melhor ainda estava por vir, ao tocar a marcha nupcial e ver a noiva entrando naquela igreja, olhando fixamente para seu pai e apaixonadamente para seu noivo, fez cair uma ficha, que há tempos eu esperava que acontecesse na minha profissão.





Naquele dia, eu senti no meu coração que  estava no nicho errado, aquela emoção que tomou conta de mim, não era algo normal, percebi naquele momento, que registrar esse dia tão especial na vida das pessoas , era o que realmente fazia sentido para mim como profissional.


Foi a partir deste dia, que comecei a fotografar casamentos e eternizar historias de amor tão lindas, como a que vou contar agora. 


Casamento Maria da Rosália e Adriano.


Fui convidado para fotografar um casamento, até aqui tudo bem, perguntei ok, podemos conversar mais sobre o assunto, conhecer os noivos, saber mais sobre o casamento, mas ai, fui surpreendido: a assessora me interrompeu dizendo, - não John não temos tempo, não vamos poder esperar. Eu achei estranho, pois normalmente os casais entram em contato comigo faltando pelo menos 6 meses , as vezes até menos para o casamento, mas neste caso em especial, não poderíamos esperar mais... estávamos falando sobre um casamento que ocorreria dali a 2 dias.!! Sim, só tínhamos 2 dias, e logo fui comovido pela breve história do casal. 




Tratava-se de uma moça, Maria da Rosália, 38 anos, que enfrentava infelizmente um câncer em estágio avançado, desenganada pelos médicos e sem prognóstico... mas que tinha um sonho, e era ai que eu entrava, ela estaria se casando  e independente do seu estado de saúde, realizaria seu sonho de se casar de noiva, na igreja, com a presença de seus filhos já crescidos e de seus familiares.


E eu teria a honra  e o orgulho de fotografa-los. Disse a assessora que sim, com certeza poderia contar comigo eu estaria fotografando aquele casamento.

Para mim, foi tudo muito rápido, no dia seguinte já estava a caminho.




Ao olhar nos olhos da noiva, segurar sua mão e dizer que já estava lá, a disposição para registrar o sonho da vida dela, eu me segurei para não chorar, não por ver a imagem de uma mulher emagrecida, frágil, com semblante de dor, sentada em uma cadeira de rodas, mas sim por saber que naquele momento, passava um filme na minha cabeça, lembrando lá daquele primeiro momento que eu vi a reação da noiva ao entrar na igreja, ao olhar seu pai, seu noivo a sua espera e eu como fotografo  registrando tudo, para que seus filhos, netos, pudessem  ver como foi a história deles, o casamento, como todos estavam ?. Para mim, não há sensação mais gratificante e também de extrema responsabilidade.




É como se estivesse passando um filme na minha cabeça, lembrando de todos casamentos que já registrei, e pude entregar minha contribuição para realização do sonho dessas pessoas, que confiam em mim, este momento tão esperado e programado.




Nesse caso, em especial, nem a Maria da Rosália, nem o Adriano imaginavam que ainda conseguiriam realizar esse sonho, mas talvez esse seja , o que mais me emocionou, saber que quando revelamos nossos sonhos e que através do intermédio de pessoas bondosas que nos ajudam a realizá-los (pois sozinhos não podemos), torna-se ainda mais encantador. E poder fazer parte deste sonho não foi um momento triste não, foi um momento onde ver o rosto da noiva feliz e que pude ter o privilégio de registrar lindos sorrisos não tem valor. Pois talvez, daqui  algum tempo, esse sorriso lindo que tomou conta da dor física e talvez da dor emocional que ela estava sentindo, se apague, mas se por alguns minutos conseguimos fazer alguém sorrir e dizer ao seus entes queridos  o quanto os amam, se para alguém isso não tem valor, eu não sei o que tem... e eu digo com toda certeza, esse é o meu porque!!




Quando disse ao meu cunhado quando aceitaria fotografar o casamento, quando ouvi a noiva naquela noite dizendo “sim” ao noivo, quando eu disse “sim” a assessora que iria fotografar o casamento da Maria Rosália, foram os “sim” que mudaram minha vida como fotógrafo.




Essa história representa muito do que eu acredito e do por que decidi fotografar casamentos.


Diariamente recebo pedidos de orçamentos casamentos, festas de 15 anos...


Eu poderia me deixar cair na rotina e pensar que seria mais um evento.


Mas quer saber o que penso quando respondo esses pedidos?


Penso que cada história deve ser contada com carinho, que lá na frente essas histórias poderão ser revividas através da minha fotografia. 


_______________________________________________________________________


Quer eternizar sua história linda comigo?

Tenho uma supresa pra você?

Pensando em eternizar mais lindas histórias, vou presentear 5 casais que irão se casar em 2019 e 2020 com um ensaio PRÉ -WEDDING! 


Parece meio surreal, né? Mas é isso mesmo. 


Se você se identificou com a nossa história e gostou do meu trabalho, eu te convido a participar!

Os 5 primeiros casais que entrarem em contato, ganharão o ensaio PRÉ WEDDING !


Para participar você só precisa CLICAR AQUI e responder algumas perguntinhas.


                                                                                      CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR